INDIE/ROCK – TOP 5+1 CONCERTOS A NÃO PERDER ESTE ANO EM PORTUGAL

Hoje, no The Lux Life, vamos dar início a uma nova rubrica cultural, que semanalmente lhe vai apresentar os destaques do mundo da música, e ainda que concertos não vai querer perder este ano em Portugal. Para dar início a esta rubrica decidimos deixá-lo com uma lista de atuações de indie-rock/rock alternativo que achamos que o vão interessar. Descubra quais.

  1. BADBADNOTGOOD – VODAFONE PAREDES DE COURA – 16 – 19 AGOSTO 2017

A banda canadiana estreia-se em Portugal junto ao Rio Coura. Na bagagem trazem 5 álbuns de estúdio, o último “IV” (o qual vêm apresentar) considerado pela indústria musical e revistas internacionais um dos melhores álbuns do ano de 2016.

Os BBNG estão longe de ter um estilo musical bem definido. Com misturas entre o Jazz, a Electrónica, o Instrumental  e o Hip Hop criam uma sonoridade única e inconfundível que atrai cada vez mais fãs.

E se pensa que vai aproveitar o concerto para fazer mosh-pit em todas as músicas, engana-se. Este concerto vai ser único e especial. Lembra-se de Whitney no próprio festival, na edição passada? Então imagine um concerto ao fim da tarde, mas ainda melhor. Imperdível.

Veja agora o que o pode esperar no anfiteatro natural de Paredes de Coura.

  1. FOSTER THE PEOPLE – SUPER BOCK SUPER ROCK – 15 JULHO 2017

Os Foster The People estão de volta aos concertos após a pausa que fizeram em 2016. O mesmo não se pode de dizer de Cubbie Fink, o baixista e membro fundador da banda, que abandonou o projeto no fim de 2015. Restam Mark Foster e Mark Pontius, o que talvez num futuro próximo se possa traduzir numa banda chamada Mark The People. Por enquanto os Foster The People vêm apresentar o seu suposto terceiro álbum de originais, ainda sem nome e data de lançamento. Na bagagem trazem também o famoso “Torches”, que conta com sucessos como “Pumped Up Kicks” “Call It What You Want”, e ainda o menos reconhecido mas de igual qualidade, álbum “Supermodel”, com músicas como “Best Friend”, “Are You What You Want To Be?”.

De um concerto mais melodioso (BBNG) saltamos então para um concerto bastante enérgico, em que é proibido parar de saltar durante cerca de 80 minutos.

Estamos ansiosos por ver como se comportam os Foster The People numa Arena, após em 2014 terem atuado no palco principal do NOS Alive onde o público esteve um pouco reticente, não estando à altura da banda. A questão que se coloca é: Será que alguém vai conseguir não ser contagiado com a energia dos Foster The People?

Quer rever o concerto de 2014 em Portugal? Aqui fica:

  1. THE xx – NOS ALIVE – 6 JULHO 2017

A banda britânica está de volta aos discos depois um interregno de 5 anos desde o último álbum. Após dois álbuns que os transportaram para a ribalta, os The xx estão agora a consolidar o seu lugar de destaque no mundo da música no álbum,  “I See You”, que aparenta ser um pouco diferente mas que mantém a mesma identidade dos The xx. Confuso?  Talvez um pouco, mas nós explicamos.  Apesar de ser um álbum com mais eletrónica que o habitual, talvez devido à influência de Jamie xx que passou os últimos anos em concertos a solo com uma vertente mais eletrónica,  os rasgos das guitarras e a sonoridade inconfundível continuam bem presentes, provocando arrepios a qualquer um que aprecie este tipo de música. Prepare-se então para um concerto que tem tudo para ser incrível, ainda que os The xx vão subir ao palco no mesmo dia que o cantor The Weeknd, numa atuação que vai ter tanto de imperdível como de desafiante.

Aqui fica um pedaço do que podemos esperar:

  1. FOALS/METRONOMY – PAREDES DE COURA/NOS PRIMAVERA SOUND

Às vezes na nossa vida deparamo-nos com situações em que temos que fazer uma escolha, correndo o risco de nos arrependermos mais tarde, como por exemplo optar por ficar um dia inteiro no Palco Principal do NOS Alive, com Unknown Mortal Orchestra, Daughter, PAUS e The War on Drugs a tocar no palco secundário. Como no The Lux Life não queremos que tome mais uma má decisão decidimos incluir nesta lista duas bandas, que poderão protagonizar o concerto do ano: Foals e Metronomy, duas bandas que já não são novatas em Portugal. Foals esteve cá ainda o ano passado com um concerto meio estranho, com pouca força, em nada semelhante ao de 2014, no Meco. Já os Metronomy, que estiveram cá em 2015, deram provavelmente um dos melhores concertos da edição do NOS Alive, numa atuação absolutamente memorável. Têm um álbum novo (incrível desde já, um dos melhores do ano) e têm tudo para abrilhantar o NOS Primavera Sound. Ambas têm em comum o facto de que podiam muito bem ser cabeças de cartaz do Paredes de Coura, mas  os Metronomy acabaram por ficar um bocado longe. Em Paredes de Coura, Foals tem tudo para ser perfeito, esperando-se um público incrível, onde já  se pode fazer mosh-pit, o que juntamente com o anfiteatro natural e a acústica invejável vai proporcionar aos fãs momentos memoráveis. Aconselhamos que veja Metronomy e Foals, apenas não aconselhamos que fique um dia inteiro à espera das bandas, já que há decisões que só percebemos que são erradas mais tarde.

  1. RED HOT CHILI PEPPERS – SUPER BOCK SUPER ROCK – 13 JULHO 2017

Existem poucas palavras que possam descrever o que é estar num concerto dos RHCP. Metade do público que vai estar no SBSR em julho também não sabe bem o que esperar, até porque é o primeiro concerto da banda em Portugal desde 2006 (!!). Os Red Hot Chili Peppers, por muitos considerarada uma das melhores bandas rock da atualidade, vêm ao nosso país apresentar mais um álbum, mas o concerto já  está esgotado. Argumentos não vão faltar para que este seja considerado muito provavelmente o concerto do ano, numa atuação que se espera recheada de magia e de boas vibrações. Se já tem bilhete deslumbre-se com o espetáculo a que vai assistir, se ainda não tem, não se preocupe e aproveite para assistir a algum outro concerto dos que seleccionámos. Temos a certeza de que não vai ficar desiludido.

Advertisements